QUEM SOMOS


Somos um grupo de estudantes e professores do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Rondônia (Unir), em Porto Velho, além de egressos do curso de Jornalismo da UNIR no campus de Vilhena, e colaboradores das mais diferentes áreas, que se propõe a realizar a checagem de notícias e conteúdos em circulação na internet, com a observação diária de fatos e publicações que gerem destaque na mídia e que tenham relação direta ou indireta com os fatos no Estado de Rondônia em suas dimensões humana, política, econômica, social, ambiental e cultural.

 

A Iniciativa Aruana de Checagem de Fatos está ligada à Baladeira, Agência Experimental de Comunicação, que por sua vez é vinculada ao curso de Jornalismo da Universidade Federal de Rondônia, no seu campus de Porto Velho. Nossa ação é voltada principalmente à formação crítica de jornalistas, mas também temos a preocupação de alcançar a comunidade em que o curso de Jornalismo e a Universidade Federal de Rondônia estão inseridos, proporcionando a existência de um espaço comprometido com os fatos e com a boa prática de veiculação de informações e notícias.  

 

Acreditamos que, ao nos propormos a observar, abordar criticamente e checar cotidianamente conteúdos noticiosos e informações compartilhadas em redes sociais e aplicativos de mensagens, estamos caminhando na direção da prática do bom jornalismo, comprometido com a sociedade a que se vincula, e, ao mesmo tempo, como membros da comunidade acadêmica de uma universidade federal, pública e gratuita, poderemos dar respostas à comunidade de que fazemos parte.  

 

Trata-se, certamente, de uma tarefa complexa checar fatos, que quase sempre fogem da classificação simples de verdadeiros ou falsos. Para isso, aludimos que esse trabalho não pode ser uma via de mão única, isto é, ele precisa também contar com a participação da comunidade que consome esses serviços e conteúdos, como um colaboradora, posto que também vai poder indicar correções, novas fontes, documentos ou informações complementares.

 

É ainda fundamental esclarecer que o grupo se pauta no respeito à pluralidade de opiniões, sendo que o conteúdo do trabalho a ser produzido não tenha em nenhuma hipótese identificação partidária ou religiosa, como deve se pautar a prática jornalística.

 

A EQUIPE:

 

Alana Santos

Cadidja Cunha

Camila Pinheiro

Cleisson Vitor

Diogo Marques

Eduarda Mendonça

Henrique Ferreira

Jéssica Chalegra

Lidia Aciole

Lucas Caldeira

Prof. Dr. Sandro Colferai